O que podemos aprender com a Disney em relação a atendimento?
11 de abril de 2017
5 atitudes de vendedores de sucesso
20 de abril de 2017
Mostrar todos

Em Busca de Si

A humanidade vivencia uma época emblemática, estamos indo aos extremos, explodindo, implodindo, tomamos algumas pílulas, consultamos gurus, trocamos de  emprego, mudamos de religião, e não raro, quando nos liberamos de antigas determinações impostas pelo fator externo, e conquistamos nossa  “liberdade”, não temos a mínima ideia do que fazer com ela.

E essa tem sido a saga de muitas pessoas espalhadas pelo mundo, porque buscamos nossa revolução fora de nós, contudo somos o resultado das nossas escolhas, ainda que de maneira inconsciente, escolhemos tudo.

Você que está lendo esse texto, já parou para se perguntar o que vem lhe impedindo de viver seu sonho? Qual crença limitadora vem te atrapalhando? Qual baixo padrão você tolera/alimenta para estar insatisfeito? Se nunca se fez essas perguntas, podemos a fazê-las hoje!

Infelizmente, sofremos uma pesada programação para ser e se comportar de maneira aceitável e ajustada a padrões castradores, ao mesmo tempo, fomos treinados para quando chegássemos à vida adulta, sempre partir em defesa de nossos pontos de vista, aprendemos que ser flexível é ser fraco, fomos induzidos ao erro quase que o tempo todo. Basta observar a natureza, ela flui, não dá saltos, tudo se organiza, e nós somos parte disso.

Não aprendemos em casa, tampouco na escola a nos auto-observar, a verificar nosso pensar, sentir e agir, somos levados pela correnteza do rio, quando devemos fluir como o rio. Saímos impondo nossos caprichos mundo afora, e nos sentimos muito ofendidos com as pessoas, por elas não compreendem nossas necessidades.

Estamos rodeados de tecnologias que nos conectam e facilitam demais nossa rotina, mas temos uma dificuldade dantesca de nos comunicar de forma autêntica e eficaz, somos sucintos demais, ríspidos, ansiosos, não sabemos ouvir, interrompemos a fala do outro. Nos falta estar presentes e atentos às necessidades alheias, e descobrir a magia de oferecer ao outro aquilo que gostaríamos de receber.

A meditação, por exemplo, que parece um bicho de sete cabeças, é uma medicina para incalculáveis males da mente, corpo e espírito. Ela é gratuita, indolor e não necessitamos de nada, absolutamente nada de fora para meditar. Se você tem um coração e uma mente que necessita de mais tranquilidade, então, parabéns você está apto para iniciar essa jornada de autoconhecimento!

A vida é tão, mas tão maravilhosa, e ainda dá tempo de reconectar, podemos recalcular nossa rota sem espalhar sofrimento, podemos fazer parte de um universo sincrônico e poderosíssimo, viver em plena abundância financeira, ser grato e compassivo.

Há sem duvida algo de maravilhoso acontecendo, trata-se de uma avalanche de novas energias que estão por aí, energias que potencializam tudo aquilo que está latente em nós, por isso mais do que nunca é necessário estarmos mais conscientes, e para que isso ocorra, temos que partir em busca de nós mesmos, e essa jornada só ocorre em nossos mundos internos. E as descobertas que vamos fazer são a chave para a nossa revolução pessoal.

E as experiências estão aí a nossa disposição para serem vividas e avaliadas como cenas de constantes aprendizados, e para receber e perceber os presentes que a vida nos dá, é preciso estarmos atentos, conectados com o momento presente, porque tudo acontece no agora, que é o único tempo que existe!

Escrito por Lílian Ponte e Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *