Industrialização inclusiva e inovação: um caminho necessário e já iniciado
28 de setembro de 2018
A Inteligência Artificial e o Veredicto da Civilização
4 de outubro de 2018
Mostrar todos

O empreendedorismo faz parte da meta de educação de qualidade

Além de proposta da ONU, muitos países incluíram o tema como parte do ensino regular.

Em mais um artigo da série do nosso blog dedicada a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), vamos falar sobre o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4: Educação de Qualidade.

Diferente de metas e projetos anteriores, onde a ênfase era dada à garantia da educação básica para meninos e meninas, a agenda reforça sim este ponto, mas também enfoca a educação de adultos, a educação profissional e o empreendedorismo como conteúdo necessário sob a ótica sustentável para promoção de uma vida com qualidade. Em resumo, o ODS 4 propõe: “Assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos”.

“A promoção da capacitação e empoderamento dos indivíduos é o centro deste objetivo, que visa ampliar as oportunidades das pessoas mais vulneráveis no caminho do desenvolvimento”

Dos 10 pontos descritos no objetivo, quatro estão relacionados à atenção da educação técnica e empreendedora. Isso corrobora com os objetivos de consumo, produção e industrialização sustentável. A partir da educação com foco em preparação para o deste mercado de trabalho, os jovens e futuros profissionais poderão ter uma preparação adequada a um sistema mercadológico com esses valores e estarão  aptos a ter uma visão mais global, empreendedora e também sustentável.

Leia aqui – Industrialização inclusiva e inovação: um caminho necessário e já iniciado

 

ODS #4: Pontos de Destaque 

  1. Até 2030, aumentar substancialmente o número de jovens e adultos que tenham habilidades relevantes, inclusive competências técnicas e profissionais, para emprego, trabalho decente e empreendedorismo

  2. Até 2020 substancialmente ampliar globalmente o número de bolsas de estudo disponíveis para os países em desenvolvimento, em particular, os países de menor desenvolvimento relativo, pequenos Estados insulares em desenvolvimento e os países africanos, para o ensino superior, incluindo programas de formação profissional, de tecnologia da informação e da comunicação, programas técnicos, de engenharia e científicos em países desenvolvidos e outros países em desenvolvimento
  3. Até 2030, assegurar a igualdade de acesso para todos os homens e mulheres à educação técnica, profissional e superior de qualidade, a preços acessíveis, incluindo universidade

 

Educação empreendedora ainda é baixa no Brasil

O Brasil ainda está caminhando para o aprimoramento educacional de empreendedorismo. Atualmente ocupa a 56ª posição entre de 65 países em um ranking de educação empreendedora, preparado pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM).

Para se ter uma ideia, já no início do século XXI, o Parlamento Europeu estipulou empreendedorismo como uma competência educativa. Naquela época, 13 países da União Europeia colocaram o tema como estratégia nacional de ensino e hoje mais da metade desses países estão reformulando suas grades curriculares para incluir a temática.

Aos profissionais da atualidade, especialistas do tema sugerem algumas soluções para compensar a deficiência educacional:

  • Desenvolver habilidades de negócio em instituições especialistas no tema, como o Sebrae;
  • Investir constantemente em cursos de aperfeiçoamento, como os realizados pelo Hub Escola;
  • Estar em constante networking em eventos especializados em sua área de atuação;
  • Sair da zona de conforto aprendendo novas habilidades técnicas na área de gerenciamento, como gestão de projetos, por exemplo.

 

Vale ressaltar que a velocidade das mudanças tecnológicas transformam comportamento, relações comerciais e, claro, exigem ainda mais conhecimento. Então, esteja sempre disposto a apreender e priorize isso em seu negócio.

 

Entre na roda de bate-papo com a gente enviando um e-mail para nosso blog.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *