Você está praticando a Proposta de Valor da sua marca?
5 de maio de 2017
MARCA: A SUA JÁ ESTÁ PROTEGIDA?
16 de maio de 2017
Mostrar todos

Snapchat & Stories, a era da humanização das marcas

A história começa em 2013, quando Evan não quis vender o Snapchat para o Mark, então em 2017 Mark colocou Snapchat, vulgo Stories em todas as redes sociais dele, fim da história.

Esse não é um textão sobre quem está certo e quem está errado. Esse é um textão de como a sua marca pode tirar benefícios desta “guerra”.

Vamos do começo para quem entrou agora no busão, o Snapchat é um aplicativo para enviar fotos e vídeos, com legendas, desenhos e carinhas e seu principal diferencial é o seu conteúdo efêmero. Com algumas pequenas mudanças, essa também é a proposta do Stories (Facebook e Instagram).

A principal diferença do Snapchat & Stories para as mídias sociais tradicionais, é a humanização.

Diferente do que estamos acostumados, o Stories exige uma conversa de pessoas para pessoas, não é possível agendar posts e todo o conteúdo fica na rede por apenas 24h. Por que isso é legal? Porque você pode ser quem você é de verdade, com suas falhas, brincadeiras, pensamentos que fazem você (e sua marca) quem ela realmente é.

O conteúdo efêmero pode ser seu aliado, sabendo que em 24h ninguém mais terá acesso ao conteúdo, dessa forma você tem a oportunidade de se envolver verdadeiramente com seus clientes e futuros clientes, costumo dizer que o Snapchat & Stories é o nosso quarto, onde as regras somos nós quem criamos e não há lugar no mundo onde nos sentimos mais livres para ser o que somos. O Snapchat & Stories permitem que a comunicação seja mais natural e pessoal, com isso, mais envolvente!

Outro diferencial das redes é que seu conteúdo não é invasivo, ou seja não atrapalha a navegação dos usuários, seu conteúdo é consumido por escolha própria do usuário.Você pode aplicar promoções exclusivas e por tempo limitado, além de mostrar os bastidores e o seu time. Se sua empresa participa de muitos eventos, ela pode fazer uma cobertura sobre eles.

Essas são algumas estratégias que você pode aplicar HOJE MESMO. Mas por onde devo começar, Milk?

O primeiro passo é (e sempre será) o planejamento dos conteúdos e os temas que serão abordados, mesmo que os conteúdos serão criados e postados na mesma hora, isso não significa que será feito de qualquer jeito. Lembre-se que sua história precisa fazer sentido para quem está assistindo, precisa ser divertida, agregar valor e ser envolvente para que as pessoas voltem a consumir os seus conteúdos.

Não é o local para vender o seu produto ou serviço. Não é o local para conteúdos institucionais. Snapchat ou Stories é o local para estreitar laços, para mostrar o que ninguém sabe sobre a sua marca, é o local de conversar com seus clientes, é o local de mostrar que você faz diferença no mundo (mesmo que essa diferença seja um sorriso no dia de alguém). Nunca antes nessa indústria vital tivemos a chance de conversar tão intimamente com nossos clientes.

Essa é a era da comunicação entre: Pessoas que fazem a marca X Pessoas que consomem a marca.

Tenho casos de alunos que através do Snapchat descobriram informações preciosas sobre o seus clientes, que mudaram inclusive, o rumo de toda a comunicação da empresa.

Esse e outros cases de marcas nacionais e internacionais que estão utilizando o Snapchat & Stories você confere no curso de Branded Content no Snapchat que vai rolar no dia 13 de maio no 4º Festival Hub Escola do Impact Hub Curitiba <3

A oportunidade de se destacar dos seus concorrentes está em suas mãos, vai deixar passar? 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *